• Rogério

"Histórias do Bairro", de Gabi Beltrán e Bartolomé Seguí


Histórias do Bairro

Gabi Beltrán e Bartolomé Seguí [*]

Edição: 2017

Editora: Levoir

Páginas: 312


Já é costume partilhar alguns livros de banda de desenhada aqui no Georden.

O "Histórias do Bairro" é mais um excelente álbum, com uma narrativa sequencial que consegue incluir pequenas histórias da vida da adolescência do jovem Gabi e dos seus amigos, num bairro em Palma de Maiorca, no anos 80.

Paralelamente ao argumento, a ilustração cativa o leitor ao desenrolar das histórias e permite, sobretudo, enquadrar espacialmente o leitor no ambiente social e urbano do bairro onde habita Gabi. Um bairro que está longe de ser exemplo.

Um bairro que é um bairro!



"Não sentia que encaixasse em algum sítio.

Nem no bairro, nem na minha família...

Esse era o meu pesadelo."

(Histórias do Bairro, 2017)



Histórias do Bairro. Clica na seta para ver mais.



"Odiava o bairro.

Aquele sujo e triste lugar.

Um buraco negro, que só atraía as coisas más da vida."

(Histórias do Bairro, 2017)



Beltrán e Seguí conseguem transpor no texto e desenho um retrato real da sociedade, da vivência quotidiana dos moradores do bairro, que sofre com o problema da droga, da delinquência, da prostituição e da criminalidade, sendo visto como um local pobre, escuro e marginalizado da cidade.


"Palma de Maiorca, anos 80. Cada esquina do barrio chino tem uma história para contar. Gabi, o ainda adolescente protagonista, percorre as ruas do seu pequeno mundo com os seus amigos, numa constante busca para encontrar… algo."


"Assim, experimenta drogas, descobre o sexo, refugia-se na literatura e no desenho. Mais unido aos amigos do que à família, descobre que as diferenças sociais são também fronteiras, e que estas por vezes são inultrapassáveis."


Ao ler este livro, lembrei-me do A mansão dos Pimpão, de Miguelanxo Prado.

Aqui uma família passa pelo mundo da exploração, da ilegalidade e da corrupção imobiliária. Um livro que aconselho, também, a ler.

[*] Gabi Beltrán (Palma, 1966). Ilustrador, argumentista e escritor. Participa em revistas de comics de prestígio como Nosotros Somos los Muertos. As suas ilustrações vêem a luz em diversas publicações americanas. Como ilustrador, trabalhou para jornais como El País, o Público e para a revista como a Forbes.

Bartolomé Seguí (Palma, 1962). Autor de comics e ilustrador. Inicia-se profissionalmente no ano de 1983, publicando a sua primeira banda desenhada na revista Metropol.



Boas leituras geográficas 📚



Nota: Envia a tua sugestão de leitura para georden@gmail.com.

Para mais livros podes clicar no tag "biblioteca" ou aceder ao nosso perfil pinterest: pinterest.pt/geordenpins/livros



Sustenta o sustentável 🍀

Rogério Madeira

Geógrafo

Linkedin

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo